Estilo Criativa - Crossfit: Leve seu corpo ao extremo - Estilo Criativa

Crossfit: Leve seu corpo ao extremo

By  |  Comments

Um treino de cerca de 30 minutos é o suficiente para deixá-la mais magra, mais torneada, mais condicionada e mais preparada para realizar os movimentos do dia a dia. Não acredita? Então é porque ainda não aderiu ao Crossfit.

À primeira vista, uma academia de Crossfit, chamada por experts de box, pode assustar os desavisados. Argolas e cordas dividem espaço com caixas de madeira, pneus de trator, sacos de areia, barras e halteres, entre outros acessórios, em uma espécie de galpão. Mas, depois de ouvir o professor relatando os benefícios que as aulas proporcionam, essa má impressão logo é substituída por uma grande vontade de se aventurar nos exercícios. “Eles tonificam os músculos do corpo todo, derretem muitas calorias e aumentam o metabolismo, fazendo com que o aluno queime mais energia mesmo depois de terminar a atividade”, conta o personal trainer André Trombini, da Bodytech, com unidades espalhadas pelo Brasil, um dos responsáveis pela implementação da modalidade na rede de academias. “E ainda há redução na retenção de líquido, diminuindo o inchaço corporal, melhora no sono e aumento no condicionamento e na disposição. Ganhos que já podem ser percebidos nas duas primeiras semanas de prática”, acrescenta.

E tudo isso acontece de forma dinâmica. “O treinamento consiste em movimentos funcionais, aqueles que são naturais para o corpo, como agachar, puxar e empurrar, executados em alta intensidade, e são realizados na forma de circuito variado, o que faz com que não haja rotina nas aulas”, conta Caio Revite, head coach da CrossFit Cidade Jardim, da academia Reebok Sports Club, em São Paulo. Mas a perda de peso e a definição muscular – que levam a maioria das pessoas à prática – são, na verdade, uma consequência do treinamento. “O foco principal é melhorar o condicionamento e a força, o que, por tabela, aumenta a capacidade de trabalho, fazendo com que a pessoa consiga levar a mesma carga pela mesma distância em um tempo menor, por exemplo”, explica Revite. “Para isso, os exercícios desenvolvem as dez capacidades físicas do ser humano: força, resistência cardiorrespiratória, resistência muscular, flexibilidade, potência, velocidade, agilidade, equilíbrio, precisão e coordenação”, conta Diego Zanon, educador físico pós-graduado em fisiologia do exercício e head coach da CrossFit Enseada, em Vitória. E, diferentemente do que muita gente pensa, o crossfit pode ser feito por gente de qualquer idade, pois as atividades são executadas de acordo com a capacidade de cada pessoa. Mas é imprescindível que o praticante respeite os limites e preste atenção nos movimentos, evitando uma lesão. Além disso, não é preciso se deslocar até o box para realizar os exercícios, pois eles podem ser feitos em qualquer ambiente. Pedimos a treinadores especializados que criassem treinos para serem feitos em casa, na academia ou ao ar livre. Escolha o que mais se encaixa em suas necessidades e execute-o três ou quatro vezes por semana. Depois, é só desfrutar dos benefícios e dos elogios.

De volta às origens

A filosofia do crossfit sugere que os praticantes levem também para a mesa um estilo de vida mais saudável. Com base nisso, muitos deles seguem a dieta paleo, ou paleolítica, considerada a oficial da modalidade. “Ela propõe o retorno ao modelo alimentar de nossos ancestrais”, conta a nutricionista Simone Maia, da academia Cia. Athletica, do Rio de Janeiro. Por isso, há o aumento no consumo de proteínas magras, vegetais, frutas e oleaginosas. “Já os alimentos industrializados, os produtos lácteos, os açúcares, as farinhas, os cereais, os adoçantes artificiais e as bebidas alcoólicas devem ficar fora do cardápio”, explica Simone. Na hora do preparo, o indicado é evitar temperaturas muito altas.

Café da manhã

– Omelete de 4 claras e 2 gemas com tomate, salsinha e orégano

– 1 copo de 200 ml de suco de frutas vermelhas

Lanche da Manhã

– 4 amêndoas

– 1 pera

Almoço

– 1 filé grande de salmão grelhado com alecrim

– Salada de rúcula, alface americana e pepino (consumo livre)

– Abobrinha e berinjela grelhadas (consumo livre)

– 1 batata-doce pequena cozida

Lanche da tarde

– Vitamina com 300 ml de leite de amêndoas batido com 3 colheres de sopa de abacate

– 2 claras de ovos mexidas

Jantar

– 1 filé grande de peito de frango em cubos e cebolas em tiras refogados em azeite de oliva

– Salada de couve-flor e brócolis (consumo livre)

– Cenoura crua ralada (consumo livre)

– 1 batata-baroa ou 1 inhame cozido

Ceia

– 3 nozes

– 1 maçã assada com canela

Vitrine

Feitos para esportes de alto impacto, estes tênis entraram com tudo na onda do crossfit e podem ser os parceiros inseparáveis na hora do exercício.

M de Mulher
.
.
.
.